BLOG
O que é deslocamento de retina?
20/04/19

A retina é uma estrutura fina que reveste a superfície interna do globo ocular, e é capaz de captar informações externas, enviando-as ao nervo óptico, para que sejam transmitidas ao cérebro e assim transformadas nas imagens em que enxergamos. No entanto, a retina é ausente de fixação ao globo ocular, sendo o vítreo – substância gelatinosa e viscosa – o responsável por mantê-la na posição adequada para seu suporte e nutrição.

 

Quando, porém, a composição do vítreo é alterada, ficando mais líquida por dentro, pode haver um desprendimento da retina da superfície interna do globo ocular, cessando o fornecimento de nutrientes e levando à degeneração celular. Como consequência do quadro, a retina para de receber oxigênio de forma adequada, o que pode acarretar em perda progressiva da visão.

 

Apesar de o envelhecimento ser uma das principais causas do descolamento de retina, outros fatores, como por exemplo a predisposição genética ou miopia, também aumentam a viabilidade do desenvolvimento da condição, que mesmo sem apresentar sintomas dolorosos, pode gerar visão embaçada ou turva, flashes luminosos, sombra central ou periférica, entre outros sintomas.

 

Para realizar o diagnóstico, o oftalmologista poderá solicitar o exame de mapeamento da retina. Como tratamento, o laser é um recurso que poderá reverter a situação em que a retina não está descolada precisamente. Contudo, se o quadro tiver acontecido, a intervenção cirúrgica será recomendada com o objetivo de pregar a retina novamente.

 

É importante frisar que quanto mais rápido o tratamento for feito, maiores serão as chances de restauração da vista do paciente. Por isso, não hesite em procurar seu especialista se notar qualquer tipo de alteração visual, ou se preferir, entre em contato conosco.

Deixe seu comentário
Nome
Email
Mensagem