BLOG
Quando ir ao oftalmologista?
20/10/18

É muito comum que a maioria das pessoas só se consulte com um oftalmologista quando há a presença de algum problema em sua visão ou outros sinais de alterações na região dos olhos.

 

Porém, é muito importante frisar que esse tipo de prática não está correta, já que o ideal seria visitar esse especialista periodicamente, a fim de evitar que possíveis complicações possam vir a se desenvolver quando não identificadas e tratadas em sua fase inicial.

 

Entretanto, você sabe qual a frequência ideal para consultar-se com um oftalmologista? Confira:

 

  • Crianças

Logo no início da vida, os bebês devem fazer o “Teste do Olhinho”, um exame que consegue detectar precocemente diversas doenças oculares. Caso algo seja identificado, inicia-se o acompanhamento oftalmológico. Se não houver nenhum tipo de alteração, a próxima consulta com um especialista deve acontecer apenas aos três anos de idade.

 

Desde então, as consultas devem ser realizadas em intervalos de 1 a 2 anos, para que o oftalmologista possa acompanhar o desenvolvimento visual da criança.

 

  • Jovens

Durante essa fase da vida, o ideal é que as consultas aconteçam ao menos 1 vez por ano, já que na adolescência o sistema visual possui desenvolvimento rápido, o que pode contribuir para o aparecimento de distúrbios como a miopia, por exemplo.

 

  • Adultos

Nos adultos, sobretudo a partir dos 20 anos, é muito comum que surjam sintomas que comprometem a visão. Por isso, a consulta com o especialista se faz necessária sempre que houver sintomas como dores de cabeça constantes e dificuldade para enxergar, entre outros.

 

Já após os 40 anos a visita deve ser feita anualmente, pois, com o avançar da idade, algumas alterações como o glaucoma, por exemplo, podem ser percebidas.

  • Idosos

Depois dos 50 e 60 anos, distúrbios degenerativos como a catarata são muito comuns. E é durante essa fase da vida que todas as alterações merecem uma atenção redobrada, para evitar a cegueira. Além disso, nessa faixa etária a consulta ao oftalmologista – que deve ser feita anualmente – é essencial, pois a incapacidade visual pode gerar quedas, desequilíbrios e outros problemas aos idosos.

 

Por fim, a visita frequente ao consultório oftalmológico é indispensável para identificação de diversas patologias, a fim de que o tratamento possa ser feito de forma precoce e não atrapalhe a qualidade de vida do indivíduo.  

Para saber mais, entre em contato.

 

Deixe seu comentário
Nome
Email
Mensagem